Como fazer seu cachorro viver mais?

Se você for agora no Google e pesquisar pela média de vida de um cachorro, ele te dará a seguinte resposta: entre 10 e 13 anos. É claro que a idade máxima de um cachorro depende de fatores que podem faze-lo viver mais, desde a sua raça até cuidados básicos com a saúde. Mas com essa média em mente você provavelmente colocou todos os dogs que conheceu ao longo da vida.

De fato, a maioria vive até os 10-13 anos, alguns um pouco mais, mas dificilmente você conhece muitos dogs que viveram mais de 20 anos. É por isso que o Bluey deixa muita gente assustada: ele viveu 29 anos, 5 meses e 7 dias, sendo o cachorro mais velho que o mundo já conheceu.

Bluey é um Boiadeiro Australiano e viveu suas quase 3 décadas ao lado do seu tutor, um fazendeiro.

Bluey, o cachorro mais velho que mundo conheceu, só comia alimentação natural. Ingredientes com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias auxiliam na imunidade do seu cachorro.

Qual o segredo para o meu cachorro viver mais?

Como tudo que envolve saúde, não é uma pergunta de fácil resposta. Sabemos que apesar da expectativa média de vida de algumas raças estar aumentando, a qualidade de vida está caindo. Isso significa que viver mais não está relacionado a viver melhor, já que muitos cachorros precisam lidar com doenças relacionadas aos maus cuidados com alimentação e trato veterinário. E uma saída para proporcionar ao seu cachorro uma vida mais longa e melhor começa no básico: aquilo que ele come.

Para se ter uma ideia, cachorros são as maiores vítimas de câncer entre os mamíferos. 90% dos casos apontados tem relação direta com o estilo de vida, sendo que entre 30 e 40% podem ser evitados com cuidados na alimentação. A imagem abaixo ilustra:

Cachorros são os mamíferos com maior incidência de câncer. 10% dos casos são por motivos genéticos, 90% tem relação com o estilo de vida e o ambiente. Desses 90%, 30 a 40% dos casos de câncer podem ser evitados com cuidados com a alimentação.

O que o cachorro mais velho do mundo comia?

E o que você acha que o Bluey comia? Comida de verdade. Mas ele não era um privilegiado: essa era a alimentação de todos os cachorros até a chegada da ração ultraprocessada.

É por isso que para aprendermos a cuidar melhor dos nossos cachorros, precisamos sempre olhar para o passado e nos perguntar: faz sentido alimentar nossos dogs com subprodutos da indústria ou com carnes e legumes frescos?

Garanto que você sabe a resposta.

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também